Pesquisas científicas recentes tem comprovado que o azeite de oliva aliado a uma dieta adequada favorece a saúde dos ossos.

Parte das pesquisas são observacionais e apontam que as pessoas do mediterrâneo, grandes consumidores de azeite de oliva, frutos do mar e outros alimentos da dieta do mediterrâneo tem menos osteporose.

Outra parte das pesquisas detalham mais os benefícios identificando que um componente do azeite o polifenol , a oleoperina, ajuda na reconstrução da estrutura óssea.

Aos 30 anos nosso corpo atinge a quantidade máxima de massa óssea e, a partir daí, começa a perdê-la. O tecido ósseo é dinâmico, destruído e construído. Os osteoblastos ajudam a realizar a reconstrução. É como se fossem a massa corrida colocada na parede para tapar os furos que aparecem com o tempo. Sem essas células, os buracos ficam maiores, os ossos se enfraquecem, acontecendo a e cresce o risco de fraturas. O envelhecimento e a menopausa provocam uma queda na concentração de osteoblastos no organismo.

Por isso a importância da reposição desses construtores, que recebem um belo reforço com a inclusão do azeite de oliva extravirgem no dia a dia, que é a melhor fonte de oleuropeína.

Cabe lembrar que os polifenois, como a oleuroperina, estão mais presentes nos azeites de boa qualidade, intensos, amargos e picantes.

Pesquisa e edição: Cantinho do Azeite

Foto: edição Cantinho do azeite, fonte Pixabay.

fontes:
http://www.sierramadrid.es/noticias/4920/El-aceite-de-oliva-estimula-la-salud-%F3sea-y-puede-utilizarse-para-prevenir-la-osteoporosis/

http://www.olearum.es/det_curiosidades.php?id=24&primero=14

https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-36162010000300002

https://cellulablog.wordpress.com/2013/07/09/5-dicas-para-deixar-seus-ossos-mais-fortes-e-saudaveis/

https://jornal.ufg.br/n/124568-azeite-de-oliva-diminui-perda-ossea-em-pacientes-obesos-e-previne-osteoporose

http://www.oximed.com.br/oximed/noticias_det.php?id=136

comprar azeite cantinho do azeite