Os benefícios do azeite de oliva

Os benefícios do azeite para a saúde humana

Os benefícios do azeite de oliva são conhecidos desde a antiguidade, Devido à sua história e às pesquisas científicas, o azeite é considerado um dos melhores alimentos funcionais existentes na natureza. Alimentos funcionais são aqueles que proporcionam benefícios à saúde, além de suas funções nutricionais básicas, Podem, por exemplo, reduzir o risco de doenças crônicas degenerativas, como câncer e diabetes, entre outras.

Os azeite é um alimento complexo e considerando as evidências históricas, vários de seus ingredientes são pesquisados, isoladamente ou em conjunto, com relação às suas contribuições à saúde humana. Em outro artigo detalhamos desses componentes, pois aqui o foco é nas suas contribuições à saúde.

Devido ao grande número de pesquisas o Instituto Nacional de saúde americano, publica em sua página os trabalhos publicados. A pesquisa continua, porque em muitos casos ainda não se sabe os mecanismos de atuação de cada componente. Devido às evidências de benefícios, a FDA americana autoriza a informar no rótulo que o azeite é bom para o coração. Ou seja, para a FDA, o azeite é um remédio para o coração.

As gorduras do azeite

O azeite é considerado uma gordura boa e na realidade é composto por diversas gorduras (veja artigo sobre essas gorduras):

Acido Oleico, omega 9, a gordura boa

Acido Oleico, omega 9. O acido oleico compõe até 85% do azeite, e por isso seu principal componente. Também devido a isso, o azeite é o alimento da natureza que mais contém acido oleico. E uma gordura monoinsaturada, antioxidante e facilmente digerida pelo organismo. Como resultado, traz benefícios para o sistema circulatório e coração, Como antioxidante combate os radicais livres e mantém as células jovens. Também reduz a pressão arterial e ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) sem diminuir a quantidade de colesterol bom (HDL) , Consequentemente, evita o risco de doença cardíaca e acidente vascular cerebral. Ajuda também a evitar a diabetes e contribui para a função cerebral.

Os omegas 6 e 7

O omega 6, O ácido linolênico,omega 6 pode chegar a 25% do conteúdo do azeite e os benefícios estão relacionados principalmente com o seu efeito sobre os vasos sanguíneos, por prevenir a formação de coágulos que podem se desprender da parede da artéria e obstruir o fluxo sanguíneo (trombose). Evita, desta forma, o infarto do miocárdio (ataque cardíaco) e acidente vascular cerebral (“derrame”). Também evita o depósito de gordura (colesterol) nas paredes das artérias, uma condição chamada aterosclerose, considerada uma das principais causas de infarto do miocárdio. Além disso, o ômega 6 atua positivamente no sistema imunológico, na regulação da temperatura corporal e na perda de água pelo corpo.

O acido palmitoleico, Ômega 7 ou ácido palmitoleico, que pode atingir 25% do azeite tem entre seus benefícios o aumento na sensibilidade da insulina, e por isso previne a diabetes tipo 2. também reduz processo inflamatório e dor crônica. Reduz ainda os níveis do colesterol ruim (LDL) e aumenta o colesterol bom (HDL), além de melhorar a elasticidade das artérias. Pode também auxiliar no tratamento da síndrome metabólica. Pode ainda ajudar na melhora do quadro de ansiedade e depressão e ajuda na memória. E além em disso, auxilia no controle de apetite e consequentemente na perda de peso

O omega 3

O Omega 3, acido linoleico, Embora com pouca presença no azeite (menos de 1%), o omega 3 traz as suas contribuições.

  • Pode melhorar a capacidade de aprendizagem;
  • Também pode ajudar a regular a coagulação sanguínea;
  • ajuda a reduzir a inflamação, é com isso é bom para combater problemas como a doença inflamatória intestinal e a artrite reumatoide;
  • Além disso, melhora a função cardíaca e a pressão arterial;
  • Pode ainda ajudar no combate a alergias e a asma;
  • Também ajuda no combate à depressão;
  • Melhora os níveis de colesterol no sangue;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Ajuda na manutenção dos níveis de testosterona, e desta forma é ótimo para o desenvolvimento muscular.

Os polifenóis

Além das gorduras os polifenóis tem sido considerados como os principais componentes do azeite quando se fala em aromas, sabores e saúde. Trata-se de um numeroso e complexo conjunto de elementos presentes nas plantas para protegê-las de pragas e estresses. No azeite são conhecidos o hodroxitirosol e o tirosol e seus derivados oleuperina e oleocanthal. Estes dois muito estudados na literatura científica por seus benefícios.

Os polifenóis, como o ácido oleico, são poderosos antioxidantes, e desta forma, reforçam o poder do azeite. Entretanto, eles possuem um número extenso de outras propriedades benéficas, que trazem a fama do azeite como remédio. O Oleocanthal, por exemplo, é muito estudado como poderoso anti-inflamatório natural e também com propriedades anticâncer.

De acordo com as pesquisas, o polifenóis em seu conjunto, possuem as seguintes propriedades:

  • Anti-inflamatório.
  • Protetor muscular e articular.
  • Protetor do sistema imunológico.
  • Prevenção da osteoporose.
  • Proteção da retina.
  • Efeito antienvelhecimento.
  • Capacidade antioxidante.
  • Atividade antiesclerótica.
  • Protetor do sistema cardiovascular.
  • Prevenção do câncer.
  • Antimicrobianas,
  • Antibacterianas.

Outros Componentes

O esqualeno tem presença no azeite em níveis muito superiores aos dos outros óleos vegetais. Depois de absorvido, está diretamente associado a efeitos benéficos para a saúde na prevenção do diabetes tipo 2 e prevenção de câncer, enriquecendo, desta forma, ainda mais o azeite.

Os fitoesteróis, ou esteróis vegetais, têm uma estrutura semelhante ao colesterol. Estão presentes no azeite em quantidades variáveis, mas sempre apreciáveis. Os fitoesteróis estão associados ao bloqueio da absorção do colesterol pela corrente sanguínea e por isso podem reduzir o risco de doença coronária. Além disso, atuam na redução dos níveis de colesterol total e LDL. Além de promover ação antiinflamatória, imunoproduladora e hipoglicêmica. Estudos demonstram também a sua eficácia no tratamento da hiperplasia benigna de próstata (BHP) melhorando sim o fluxo urinário e os sintomas da BHP.

Autor: Companhia do Azeite
Especialistas em Azeites de qualidade

Outras leituras

Alimentos funcionais: https://www.ecycle.com.br/3873-alimentos-funcionais
Oleico, omega 9: https://www.mundoboaforma.com.br/acido-oleico-beneficios-propriedades-alimentos-e-para-que-serve/
linolênico,Omega 6: https://medicoresponde.com.br/para-que-serve-o-omega-6/
palmitoleico, omega 7; https://www.natue.com.br/natuelife/para-que-serve-o-omega-7.html
polifenóis: https://www.oficinadeervas.com.br/conteudo/conheca-os-beneficios-dos-polifenois
polifenois: https://www.oliveoiltimes.com/pt/health-news/olive-oil-and-infection/51057
esqualeno e fitosterois: http://www.iniav.pt/fotos/editor2/beneficios_do_azeite_para_a_saude.pdf
Fitosterois: https://atarde.uol.com.br/saude/noticias/1570267-beneficios-do-beta-sitosterol
Geral: http://www.iniav.pt/fotos/editor2/beneficios_do_azeite_para_a_saude.pdf

comprar azeite cantinho do azeite